terça-feira, 15 de junho de 2010

Retrospectiva Maio / 2010

Estarei descontinuando o acompanhamento do nosso portfolio permanente fictício, basicamente por que não estou mais investindo em ETFs, então acho que fica um pouco contraditório; apesar de ainda achar uma excelente opção de investimento. Além do mais acho que mesmo nestes poucos meses já deu para pegar um pouco o espírito da coisa, no uso de asset allocation, e deu para ter uma idéia dos seus benefícios. Mas em compensação vou passar a divulgar meu portfólio pessoal, que segue os mesmos princípios do portfólio permanente e segue os mesmos targets de alocação, apenas com um pouco mais de flexibilidade, e no caso em vez dos ETFs estou investindo em ações individuais na parte das ações. Apenas não divulgarei valores, apenas percentuais, até por que acho que não acrescenta muito.

Apenas para relembrar, no mês de maio tivemos uma forte queda da bolsa com a acentuação da crise européia, seguida no final do mês de uma recuperação parcial. A Selic vem aumentando, pressionada pela inflação e o câmbio manteve-se relativamente estável, com leve apreciação do Dólar e desvalorização do Euro. O grande destaque novamente foi o Ouro, com valorização expressiva. Os Fundos imobiliários se mantiveram relativamente estáveis.

IBOVESPA: - 6,64%
LFT (16/03/2011): 0,74%
IPCA: 0,43%
IGP-M: 1,19%

No mês, vendi algumas cotas de Fundos de Investimento Imobiliário e comprei ações da Cyrela e Itausa, que já tiveram uma apreciação razoável. Depois coloco o portfolio detalhado.

Um comentário:

  1. Gostaria de convida-lo ao meu blog.

    Atenciosamente, O Analista.

    ResponderExcluir